Prêmios ESOCITE 2022

A Associação Latinoamericana de Estudos Sociais da Ciêcia e Tecnología (ESOCITE) abre chamada de inscrições para os Prêmios Marcel Roche, Amílcar Herrera e Oscar Varsavsky com o objetivo de prestar reconhecimento às contribuições significativas dos pesquisadores do campo CTS na América Latina.

O objetivo destes prêmios é conceder um reconhecimento institucional aos aportes realizados por pesquisadores de diferentes nacionalidades e trajetórias ao conhecimento de questões relacionadas com a abordagem social das ciências e tecnologias na nossa região. Para isso serão levadas especialmente em conta a originalidade dos trabalhos propostos, a criatividade conceitual, o rigor metodológico e a relevância social das problemáticas abordadas em diferentes tipos de produção.

Para mais informações sobre os Prêmios e categorias, clique aqui.

 

Procedimentos para inscrição:

- Os interessados em concorrer aos prêmios deverão entrar no site: https://www.esocite.la/postulacion-de-premios-2022/

- Enviar o texto completo digitalizado, em um único arquivo.

- As referências completas onde o texto foi publicado.

- Um CV curto, de no máximo 10 linhas (no caso de coautoría, o CV de todos os coautores), em um único arquivo.

 

O prazo final para submeter as inscrições na página da ESOCITE é 31 de setembro de 2022.

 

O cronograma do processo de avaliação é o seguinte:

De 01/07/2022 a 31/09/2022: Recebimento das inscrições;

De 01/10/2022 a 01/12/2022: Avaliação das propostas recebidas

12/2022: Premiação

Publicado em Notícias

Divulgação – Laboratório de Artigos ESOCITE 2022

A Associação Latino-Americana de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia convoca estudantes latino-americanos de mestrado e/ou doutorado que tenham trabalhos em fases avançadas de redação para a apresentação de textos a serem trabalhados no Laboratório de Artigos da ESOCITE. O Laboratório de Artigos ESOCITE é um espaço onde investigadores em formação, em conjunto com investigadores formados, irão trabalhar um texto para torná-lo publicável. Espera-se que sejam enviados textos já escritos. Não se aceitam trabalhos já publicados.

Metas: Fortalecer e promover a publicação de pesquisas de jovens acadêmicos latino-americanos por meio do trabalho conjunto com pesquisadores formados e com maior experiência nos processos de redação, edição, avaliação e publicação.

Destinatários: Alunos avançados de mestrado e doutorado latino-americanos com trabalhos de pesquisa em estágio avançado de redação.

Alianças: ESOCITE estabelecerá alianças estratégicas para estimular os processos de publicação em periódicos regionais e internacionais. Os periódicos convocados para o evento participarão informando sobre o processo de apresentação, avaliação e publicação. Todos os artigos oriundos do evento serão submetidos aos processos regulares de avaliação das revistas.

Metodologia: O trabalho será iniciado com um workshop do qual participarão os autores selecionados, durante o qual os editores dos periódicos científicos comentarão sobre as estratégias editoriais e sobre os requisitos desejados de um bom artigo científico na área de estudos sociais da ciência e da tecnologia. Propõe-se a formação de pequenas equipes de trabalho compostas por um aluno e dois pesquisadores experientes para atuar por dois períodos de 30 dias na correção de um trabalho escrito. Cada equipe de trabalho é livre para estabelecer a quantidade e intensidade das reuniões que julgar necessárias, bem como estabelecer estratégias de trabalho colaborativo, como Google docs, arquivos do Word com controle de câmbios, etc. No entanto, são sugeridos não menos do que 3 (três) encontros

Cronograma:

  1. Convocatoria (1 mes): 6/06/2022 al 01/07/2022
  2. Evaluación y seleccion evaluadores (1 mes): 01/07/2022 al 01/08/2022
  3. Comunicación de los resultados y convocatoria evaluadores: 01/08/2022
  4. Primera reunión del laboratorio: 15/08/2022
    1. Conversatorio Laboratorio de Papers ESOCITE (Taller)
    2. Presentación de los equipos de trabajo
    3. Ejemplificación de la modalidad de trabajo
    4. Comunicación del cronograma de trabajo
  5. Trabajo sobre los textos: 15/08/2022 al 15/09/2022
  6. Segunda reunión del Laboratorio (solo los que avanzaron): 30/09/2022
  7. Trabajo sobre los textos: 30/09/2022 al 30/10/2022
  8. Tercera y última reunión del laboratorio (todos): 15 (12) / 11/2022
  9. Evento de cierre, publicación de los ganadores de los premios en fecha a definir.

Requisitos de participação:

  • Envio de texto de no máximo 8000 palavras incluindo referências.
  • Comprometer-se a trabalhar intensamente durante o mês de agosto a novembro
  • Boa predisposição para revisar textos e aceitar críticas construtivas

Recepção de Artigos: https://www.esocite.la/envio-de-archivos-lab2022/ Consultas: [email protected]

 

Para mais informações, clique aqui!

 

Publicado em Notícias

Divulgação – Curso de Internet e Saúde: Desafios e Tendências

Estão abertas, até 9 de junho, as inscrições para o curso Internet e Saúde: Desafios e Tendências 2022. Os interessados podem se inscrever na Plataforma Sigals Fiocruz. Voltado aos profissionais de nível superior que tenham realizado ou estejam desenvolvendo pesquisa na área da internet e saúde, o curso busca promover um debate crítico e criativo sobre as diferentes tendências e desafios das mídias digitais no campo da saúde. Ofertado no formato presencial e on-line, o curso de qualificação debate, ao longo das suas cinco Unidades de Aprendizagem, o conteúdo do livro “Internet e Saúde no Brasil: Desafios e Tendências” (Cultura Acadêmica, 2021).

O curso tem carga horária total de 40 horas, distribuídas em 30 horas de aulas presenciais (em formato remoto) e 10 horas para elaboração de um trabalho final. O curso começa no dia 11 de julho e termina em 15 de julho, e será realizado de segunda-feira à sexta-feira das 9 às 12h e 14 às 17h. Os momentos virtuais de interação serão pelas plataformas Zoom e Moodle.

Como trabalho final o aluno redigirá uma resenha crítica de pelo menos um capitulo do livro “Internet e Saúde no Brasil: Desafios e Tendências”. A coordenação geral do curso é do pesquisador da ENSP, André Pereira Neto. Os pesquisadores Matthew Flynn e Denise Ayres Gomes, são os coordenadores adjuntos.

 

O edital pode ser visualizado clicando aqui!

 

Para mais informações, acesse:

http://informe.ensp.fiocruz.br/noticias/53019

 

Publicado em Notícias

Newsletter – ESOCITE.BR

Na próxima edição de nosso Boletim CTS em Foco, iniciaremos a publicação regular de nosso “newsletter”. Convidamos então a todas e todos a enviarem notícias sobre eventos, chamadas de congressos e concursos, divulgação de grupos de pesquisa, defesas de teses, dissertações, publicações de artigos, livros e o que mais quiserem informar à coletividade CTS.

Para esse primeiro número, a chamada estará aberta até o dia 06 de junho. As próximas chamadas funcionarão em fluxo contínuo.

Por favor enviar as informações para o e-mail: [email protected]

Boletim CTS em Foco

Publicado em Notícias

CTS em foco: Boletim da ESOCITE.BR

Prorrogação do período para envio de artigos

Informamos que o período para envio de textos para o segundo número, volume 2, do CTS em foco: Boletim da ESOCITE.BR foi prorrogado!

A edição “Política de C&T e as eleições” receberá novos artigos até 31 de maio de 2022.

Orientações e mais informações podem ser encontradas na chamada. Para visualizar o documento, clique aqui.

Publicado em Notícias

A ESOCITE.BR assina nota “Sem ciência não há futuro. Sem pós-graduandos, não há ciência”, publicada pela SBPC

A Diretoria da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), com base em levantamento de dados e análises efetuadas pelos Grupos de Trabalho sobre Políticas de Pesquisa e “Políticas de Pós-graduação”, vem a público afirmar o seguinte:

Sem ciência não há futuro. Sem pós-graduandos, não há ciência

Não há dúvidas de que os países que investem em pesquisa têm seu desenvolvimento alavancado. Exemplos gritantes desse fato aparecem na China e na Coréia do Sul, que passaram de espectadores a potências na produção científica e registro de patentes [1],em poucas décadas. O futuro do Brasil depende da ciência e da inovação que, por sua vez, dependem da formação de recursos humanos qualificados e da retenção do pessoal já formado. Apesar de ter investido na graduação e na qualificação de um número substancial de mestres e doutores, o Brasil não consegue reter grande parte dessa mão de obra qualificada no país que, para além da academia, poderia dar sustentabilidade a indústrias emergentes e estratégicas para seu desenvolvimento, como aquelas ligadas à produção de fármacos, desenvolvimento de energia sustentável, TICs, dentre outras. É preciso estancar essa fuga de cérebros.

A falta de uma política de Estado para educação e ciência, que se sobreponha às políticas de governo, aparece claramente na análise dos números veiculados recentemente pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação [2] e também levantados num artigo do UOL Educação [3].

Estudantes de mestrado e doutorado, na maioria absoluta das áreas, precisam de dedicação exclusiva ao trabalho que executam. São pessoas graduadas, que estão sendo pagas com bolsas absurdamente defasadas. Os valores das bolsas de mestrado dos órgãos federais de fomento (CAPES e CNPq) se aproximam do salário mínimo (R$1.500,00) e as de doutorado não são muito maiores (R$ 2.200,00). Caso fossem corrigidas pelo valor médio de 1995 a 2022, elas deveriam ser reajustadas para R$ 2.500,00 e R$3.600,00, respectivamente.

Segundo dados da Capes [2,4], o órgão financiava 49.497 bolsas de mestrado (M), 42.779 bolsas de doutorado (D) e 7.486 bolsas de pós-doutorado (PD) em 2015. Em 2020,segundo a mesma fonte, eram 43.497 (M), 46.105 (D) e 5.281 (PD). Dados levantados pela SBPC relativos à 2021 indicam que os números de bolsas continuam em queda, atingindo37.847 (M) e 42.203 (D) e mais algumas bolsas de empréstimo de 544 (M) e 1675 (D). Por outro lado, o Programa Nacional de Pós-Graduação (PNPD), estratégico para a fixação de jovens pesquisadore(a)s em instituições do país, não aceita novas inscrições há alguns anos [5].

No caso do CNPq, o total de bolsistas pagos pela agência passou de 102.507 em 2015 para 80.224 em 2021 [2,3], incluindo também outros tipos de bolsas, além de mestrado, doutorado e pós-doutorado, como iniciação científica, apoio técnico e produtividade em pesquisa.

Uma análise dos dados supramencionados mostra que não só os valores das bolsas despencaram, mas também o número de bolsas oferecidas diminuiu consideravelmente, de aproximadamente 17%, de 2015 a 2021.

Mas se a questão é verba, qual seria o impacto financeiro que o aumento dessas bolsas teria no orçamento brasileiro? Uma estimativa da correção das bolsas da Capes pela inflação seria da ordem de R$ 1,2 bilhão, muito menor do que os valores destinados a ações que não impactam o futuro da nação de forma tão contundente.

É preciso investir na formação de pós-graduando(a)s e tratá-lo(a)s como profissionais essenciais para o futuro do País, o que demanda uma política de Estado emergencial. Enquanto isso não vem, para que o esforço de décadas não resulte apenas em mão de obra qualificada exportada para outros países, o valor das bolsas precisa ser recomposto.

São Paulo, 02 de maio de 2022

Diretoria
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)

[1] https://twitter.com/WIPO/status/1247498105135566848, acessado em 28/04/2022.

[2] Indicadores Nacionais de Ciência, Tecnologia e Inovação – 2021 – documento organizado pelaCoordenação de Indicadores de Ciência, Tecnologia e Inovação – COICT/CGPI/DGI/SEXEC

[3]https://educacao.uol.com.br/noticias/2022/04/22/bolsas-de-pesquisa-educacao-cnpq-capes-governo-bolsonaro-dilma-temer.htm, acessado em 27/04/2022.

[4] geocapes.capes.gov.br/geocapes

[5]https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/programasencerradosnopais, acessado em 28/04/2022

 

Publicado em Notícias

Chamada de textos – CTS em foco: Boletim da ESOCITE.BR

Está aberta a chamada de textos para o segundo número, volume 2 do CTS em foco: Boletim da ESOCITE.BR.

O tema da edição é “Política de C&T e as eleições”.

Os artigos deverão ser enviados até 15 de maio de 2022 para o e-mail [email protected]

Orientações e mais informações podem ser encontradas na chamada. Para acessar o documento, clique aqui.

Publicado em Notícias

Resultado chamada pública – X Simpósio Nacional ESOCITE.BR

A diretoria da ESOCITE.BR, reunida virtualmente no dia 2 de abril de 2022, analisou e aprovou, por unanimidade, a candidatura única submetida pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social e pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) para organizar e sediar o X Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade.

Assim, viemos por meio deste comunicado informar todos os nossos associados e associadas que o X Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade será organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social e pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e acontecerá em outubro de 2023 na Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Publicado em Notícias

A TRAJETÓRIA DA SOCIOLOGIA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA

No dia 25 de março de 2022, às 18h00, ocorrerá o seminário “A TRAJETÓRIA DA SOCIOLOGIA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA”. O evento contará com a participação de Fernanda Sobral (UnB) e Maíra Baumgarten (FURG), mediado por Fabrício Neves (UnB) e Daniela Alves (UFV).

Assista a transmissão através do canal da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS tv) no YouTube ou clique aqui.

Publicado em Notícias

Anais – IX Simpósio Nacional de Ciência Tecnologia e Sociedade

Informamos que a Parte I do Anais do IX Simpósio está disponível. Agradecemos a participação de todos/as e o empenho do Comitê Gestor do IX Simpósio!

Para acessar o documento, clique aqui.

Publicado em Notícias