Nota de repúdio da ESOCITE.BR à ação da PF na UFMG

 

A Associação Brasileira de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias (ESOCITE.BR) expressa publicamente sua indignação a respeito da ação da Polícia Federal no campus da Universidade Federal de Minas Gerais no último dia 06 de dezembro. Novamente, em nossa história recente, presenciou-se a imposição da prepotência sobre a autonomia universitária.

Diante da gravidade dos fatos, a ESOCITE.BR conclama seus associado/as a se engajarem na luta pela manutenção das bases democráticas que vêm sendo sistematicamente atacadas pelo governo e suas corporações. Defender a autonomia das universidades públicas, do livre pensamento e da liberdade de expressão é reagir contra o vil processo em curso que ofende arbitrariamente as instituições de ensino brasileiras através da perseguição aos seus representantes legítimos, professore/as e pesquisadore/as.

É tempo, mais uma vez, de defender os princípios da legalidade e da justiça social. Tomemos, pois, a responsabilidade de agir imediatamente, não apenas denunciando as formas de totalitarismo recorrentes, mas enfrentando as ações orquestradas a partir de interesses reacionários à democratização do conhecimento e da ciência.

Associação Brasileira de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias

Brasília, 07 de dezembro de 2017.

 

Este post foi publicado em Notícias.